1 em cada 5 brasileiros usam celular no trânsito

Um estudo divulgado nesta semana pelo Ministério da Saúde constatou que 1 em cada 5 brasileiros usam o celular no trânsito.

E não no bom sentido, usando o Waze, Google Maps ou outros sistemas de GPS, mas sim no sentido que pode causar acidentes e mortes.

Para saber mais sobre o estudo e suas consequências, siga a leitura abaixo!

Entenda a pesquisa que diz que 1 em cada 5 brasileiros usam celular no trânsito

O Ministério da Saúde é competente por fazer pesquisas e estudos em relação às principais causas de ferimento e mortes no Brasil.

Considerando que acidentes no trânsito é a quinta maior causa de morte no país, com 47 mil vítimas por ano e 400 mil sobreviventes, é importante entender as causas disso e tentar evitar que os números aumentem.

Todavia, no Brasil isso não tem acontecido. De 2018 para 2019, o número de acidentes no trânsito aumentou 24% e a tendência é que a situação continue em ascensão, com mais acidentes fatais conforme o ano avança.

Para se ter uma ideia, foram registrados 5,853 milhões de autos de infração de trânsito no Brasil em 2017. M

Dentre eles, 2,8 milhões de multas foram para pessoas acima do limite de velocidade, com destaque também para quem não estava com o farol baixo ligado (900 mil infrações), ultrapassagens proibidas (224 mil) e dirigir sem cinto de segurança (143 mil).

Mesmo com todo esse aparato para multar e punir os infratores, na tentativa de que não cometam as infrações, não parece que o Brasil tem tido sucesso no combate aos acidentes de trânsito e continua registrando subidas nos números.

Agora, segundo a pesquisa do Ministério da Saúde, começamos a entender um pouco do porquê disso.

O Ministério da Saúde consultou cerca de 52 mil pessoas entre fevereiro e dezembro de 2018 e fez uma série de perguntas para os motoristas.

Cerca de 20% dos entrevistados (ou seja 1 em cada 5) assumiram que usam o celular enquanto dirigem, o que é uma infração gravíssima, que gera 7 pontos na CNH e multa de R$ 293,47.

Existe uma razão para usar o celular ser considerado uma infração gravíssima: segundo o Denatran, o uso de celular no trânsito aumenta o risco de acidentes em 400%.

Sim, 400%!

Isso é óbvio: ler e responder mensagens ou chegar e-mails, redes sociais e outros, diminui o tempo de reação do motorista. Portanto, ele não tem como evitar acidentes caso eles surjam.

Além disso, o motorista distraído é um grande risco pois não está prestando atenção no caminho e pode atropelar alguém, bater no carro da frente ou outros problemas.

Segundo o presidente do Detran, Luiz Carlos das Neves, não adianta fiscalizar ou aumentar a multa. O problema é cultural: “Você pode aumentar a multa, mas o que falta é realmente a conscientização, ter civilidade. A pessoa precisa saber pensar no outro e ter responsabilidade”.

Assim, continuamos com a perspectiva de um grande número de acidentes no trânsito, sem perspectiva de diminuir a situação. Enquanto isso, milhares vão morrendo no trânsito brasileiro.

E aí, o que você achou da pesquisa? Está entre os que usam o celular enquanto dirigem? Comente abaixo!

Compartilhe

DEIXE O SEU COMENTÁRIO