Bugatti Centodieci: carrão custará R$ 40 milhões

Já imaginou um carro que custe R$ 40 milhões? Pois ele existe e se chama Bugatti Centodieci.

A empresa italiana anunciou hoje um dos veículos mais caros do planeta Terra (provavelmente o mais caro) e um dos mais potentes também.

Se você ficou curioso sobre o que faz esse carro valer tanto dinheiro assim, continue lendo o artigo!

Bugatti Centodieci: uma homenagem que supera o original

Em 1991, a Bugatti apresentou um veículo chamado EB 110 Super Sport. O protótipo vendeu apenas 139 unidades no total e serviu como base de criação para o famosíssimo Chiron, um dos carros mais rápidos do mundo.

Ou seja: é um veículo importante na história do automobilismo e da Bugatti.

Pensando nisso, a empresa resolveu homenageá-lo e, para isso, desenvolveu um carro chamado de EB 110 Super Sport Hommage, ou Centodieci para ficar mais fácil.

O veículo será apresentado pela primeira vez nesse fim de semana, em um festival de carros em Pebble Beach.

Entretanto, a Bugatti já soltou algumas informações sobre o automóvel e dá para dizer, sem medo, que ele supera e muito o seu original.

O EB 110 original usava um motor V12 com 3.5 litros e que produzia 612 cavalos de potência para os seus motoristas. Era uma quantidade incrível na época.

Dessa vez, o motor do Centodieci srá um W16 com quatro turbocompressores, capaz de gerar nada mais, nada menos do que 1.500 cavalos de potência.

Isso mesmo que você leu: 1.500 cavalos de potência.

Por causa desse poder todo, o veículo chega a velocidade máxima de 420 quilômetros por hora, com aceleração de 2,4 para ir de 0 a 100 quilômetros por hora, se tornando um dos carros mais velozes do planeta, se não o mais rápido.

Para comparação, o veículo de 1991 chegava a 355 quilômetros por hora e fazia de 0 a 100 quilômetros por hora em 3,2 segundos.

Além de ser um veículo completamente fora da curva, o Centodieci mostra a dificuldade da indústria de ganhar segundos de aceleração nos últimos anos. De 91 para cá, conseguiu tirar apenas 0,8 segundos de aceleração com um ganho de quase 1000 cavalos. Claro que é muita coisa, mas fica a reflexão.

Para comprar um Centodieci você terá de desembolsar a bagatela de 9 milhões de euros, o equivalente a aproximadamente 39,9 milhões de reais.

Isso acontece por causa não só do poder absurdo do carro, mas também por causa da baixa quantidade de veículos produzidos.

A Bugatti anunciou que fará apenas 10 unidades do Bugatti Centodieci. Como não será possível produzir os itens em série, o custo sobe exponencialmente. Considerando o alto interesse em milionários e bilionários no mundo inteiro e a oferta de apenas 10 unidades, o preço decolou muito.

Para se ter uma noção, um Chiron “normal” custa “apenas” 2,7 milhões de euros, algo como R$ 11,9 milhões. Cerca de um terço do preço.

E aí, o que achou do Bugatti Centodieci? Comente abaixo com a sua opinião sobre o veículo!

Compartilhe

DEIXE O SEU COMENTÁRIO