CAOA negocia para assumir fábrica da Ford em São Bernardo

Lembra que a Ford anunciou que ia fechar a tradicional fábrica da empresa localizada em São Bernardo do Campo, na região do Grande ABC em São Paulo? Pois bem, já existe pelo menos uma empresa negociando para adquirir a infraestrutura que a Ford está abrindo mão.

Segundo o governador João Doria Jr., existem pelo menos 3 empresas que estão ativamente interessadas na aquisição da fábrica da Ford em São Bernardo.

O governador não admitiu, mas a CAOA confirmou publicamente que é uma dessas empresas e já está negociando para adquirir o lugar.

O que sabemos: a CAOA pode adquirir a fábrica de São Bernardo

O rumor de que a CAOA estava negociando para assumir a fábrica da Ford em São Bernardo do Campo começou a circular na última terça-feira e, nessa quarta-feira, dia 27 de fevereiro, foi confirmado pela própria empresa.

De acordo com o seu setor de Comunicação, o Grupo CAOA confirmou que tem uma conversa “natural” com a Ford para adquirir a fábrica em São Bernardo. Porém, a empresa (que é parceira da Hyundai e da Chery, uma da Coreia do Sul e outra da China) afirmou que ainda não há um “compromisso para aquisição”, apenas uma conversa para entender a situação e avaliar a viabilidade do negócio.

A empresa afirmou que o governo do Estado de São Paulo também está envolvido na negociação (que, aparentemente, também negocia com outra multinacional e uma marca brasileira para a localização).

Para quem não sabe, o Grupo CAOA atua como representante da Hyundai, Subaru e da Chery no Brasil e tem entrado em expansão nos últimos anos, inclusive fabricando alguns carros por aqui.

Apesar do principal produto dessa parceria ser o HB20 da Hyundai e o QQ da Chery, o grupo CAOA produz no Brasil uma linha de SUVs da Hyundai (em Anápolis, Goiás) e também uma linha de carros da Chery em Jacareí. A linha Tiggo, SUVs da Chery, irá para Anápolis também.

Enquanto isso, a unidade de São Bernardo fabrica a linha de caminhões da Ford e o hatchback Fiesta. Considerando a capacidade produtiva da fábrica, é possível que a CAOA tenha o interesse de usá-la para expandir o leque de produtos Hyundai, Subaru e Chery no Brasil e baratear seus custos.

Um dos produtos que pode vir caso a CAOA adquira o controle da fábrica em São Bernardo é o SUV Exeed, da Chery. A ideia seria lançar o veículo no Brasil como um produto de luxo da Chery, mas ainda não se sabe se seria possível adquirir os direitos desse veículo.

Outra ideia, já ventilada por rumores pela imprensa especializada, é a CAOA transformando a fábrica no ABC em um lugar para construir e lançar veículos 100% nacionais, fazendo com que a empresa não fosse só uma representante de outras marcas, mas tivesse um leque de produtos próprios.

A fábrica de São Bernardo, conhecida popularmente como Taboão, tem condições para realizar esse sonho da CAOA. No passado, a fábrica sustentou a fabricação de exemplares de toda a gama Ford, como o Ford Ka, Courier, Fiesta Street, Del Rey, Pampa, Escort, Maverick e Corcel. Ou seja: tem ali potencial para que a CAOA possa criar toda uma linha de veículos para entrar no mercado nacional. Como seria uma marca brasileira, não teria impostos de importação de matéria-prima ou peças e poderia vender seus produtos de maneira mais barata que a concorrência.

E aí, o que achou da ideia da CAOA adquirir a fábrica da Ford em São Bernardo? Acha que seria legal para a criação de uma marca nacional ou para expandir os produtos da Hyundai, Subaru e Chery no país? Comente abaixo!

Compartilhe

DEIXE O SEU COMENTÁRIO