Chevrolet Tracker 2016 ganha sua nova versão de entrada LT

Uma das maiores decepções do mercado automotivo brasileiro nos últimos anos, tem sua nova versão de entrada apresentada. O Chevrolet Tracker 2016, chega para mais um ano de incertezas e desânimo. Lançado como um SUV compacto inovador, o modelo teve um início impressionante, tanto que encabeçou a lista dos carros mais vendidos por alguns meses.

O problema é que o encanto parece ter acabado e o Chevrolet Tracker caiu em esquecimento, o que resultou em vendas totalmente decepcionantes da metade de 2014 para cá. A montadora norte-americana não admite, mas o porte de carrão que o modelo possui não é visto na prática. Ainda mais com a crítica por parte dos consumidores que acabou minando o sucesso do crossover compacto.

O encanto pelo Chevrolet Tracker 2016 não durou muito tempo
O encanto pelo Chevrolet Tracker 2016 não durou muito tempo (Foto: Divulgação)

Motorização

O lançamento da versão LT do novo Tracker 2016 parece ser uma espécie de recomeço para um carro que tinha tudo para ser um dos líderes do seu segmento e também do mercado nacional. Dotada de motor EcoTec 1.8L de quatro cilindros e 144 cavalos de potência, a configuração ainda dispõe de transmissão automática de seis marchas.

A GM espera recuperar o Chevrolet Tracker 2016
A GM espera recuperar o Chevrolet Tracker 2016 (Foto: Divulgação)

Retirada de itens de série e redução do preço

Com preço sugerido a partir de R$ 76.990, o Chevrolet Tracker 2016 LT está mais barato do que a versão anterior. Sobre esse “desconto”, existem duas informações a respeito das causas que motivaram essa atitude da montadora norte-americana. A primeira, divulgada para a imprensa e confirmada pela marca é de que houve a retirada de alguns itens de série da configuração, como é o caso do sistema multimídia MyLink com GPS e tela touchscreen que foi substituída por um mais simples, que ainda conta com conectividade Buetooth e leitor de MP3.

A outra versão é de que a redução de preço seria uma tentativa da Chevrolet de levantar o Tracker, o que não é confirmado pela montadora, mas que faz sentido, já que as vendas foram um fracasso em 2015.

Interior do Chevrolet Tracker 2016
Interior do Chevrolet Tracker 2016 (Foto: Divulgação)

Ainda sobre a remoção de itens de série da versão LT, o controlador automático de velocidade não está mais disponível no Tracker 2016 e as rodas aro 16 agora são de alumínio. Em compensação, a lanterna e os faróis de neblina, computador de bordo, trio elétrico e direção hidráulica continuam fazendo parte da lista de equipamentos vindos de fábrica do SUV compacto.

Custando cerca de R$ 82.590, a versão LTZ, a top de linha do Chevrolet Tracker 2016, continua no mercado com sua lista de itens de série intacta. A ideia parece ser mesmo atrair a atenção dos consumidores por meio do preço reduzido da configuração de entrada.

Versão LT do Chevrolet Tracker 2016 está ainda mais básica
Versão LT do Chevrolet Tracker 2016 está ainda mais básica (Foto: Divulgação)

Confira mais lançamentos da Chevrolet

Concorrência

Além de não ser um dos carros mais queridos pelos consumidores, o Chevrolet Tracker ainda disputa espaço com o Jeep Renegade e o Honda HR-V, ou seja, as chances do modelo estadunidense sair por cima dessa disputa são bastante escassas.

Compartilhe

2 COMMENTS

  1. Como pode um carro de R$ 82.000,00 não possuir direção elétrica e ar condicionado digital? resultado dessas falhas são as baixas vendas.

    • Olá Paulo,
      esse é um dos motivos pelo qual o Chevrolet Tracker caiu praticamente que no ostracismo, já que as vendas despencaram.
      Um grande abraço e obrigado pelo comentário!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO