Ford F-250 Lariat chega ao mercado brasileiro como a picape mais cara do país

A nova linha da Ford F-250 Lariat será vendida no Brasil. No entanto, quem está responsável por sua comercialização não será a montadora norte-americana, e sim a importadora independente Directs Imports, localizada em São Paulo. O modelo possui o preço de R$ 550 mil.

Com a chegada ao Brasil marcada para a primeira semana de fevereiro, a nova F-250 Lariat conta com sistema multimídia composto de tela de sete polegadas com GPS, dois subwoofers e dez alto-falantes, sistema de aquecimento dos bancos e ar-condicionado dual zone automático.

A Ford F-250 Lariat espera alcançar bons resultados em seu retorno ao país.
A Ford F-250 Lariat espera alcançar bons resultados em seu retorno ao país. (Foto: Divulgação)

Motor do Ford F-250 Lariat

A F-250 Lariat com cabine estendida é equipada com o potente motor 6.7L V8 Power Stroker que oferece incríveis 446 cv de potência e espetaculares 127,9 kgfm de torque. Para ditar o ritmo, a picape dispõe de uma transmissão automática de seis marchas. A tração é integral, ou seja, 4×4.

Leia também:

Ford Kuga 2017, o SUV do Focus é apresentado com novidades

Ford Ka 2017 virá com preços mais altos

Parte interna da Ford F-250 Lariat.
Parte interna da Ford F-250 Lariat.

Visual

Externamente, a Ford F-250 Lariat conta com faróis de neblina, estribo, maçanetas na cor da picape, para-choques traseiro e dianteiro cromados e pintura em dois tons.

A Ford F-250 Lariat recebeu novidades interessantes em seu visual.
A Ford F-250 Lariat recebeu novidades interessantes em seu visual. (Foto: Divulgação)

Nova era do segmento de picapes

Até 2012, a F-250 era produzida no Brasil (em sua antiga geração). Após isso, as picapes menores foram ganhando espaço, como é o caso da Ranger, que evoluiu e atualmente ocupa o lugar dos modelos mais robustos. Atualmente, a RAM 2500 é única picape grandalhona vendida de maneira oficial no mercado brasileiro.

Compartilhe

1 COMMENT

  1. a ford precisa voltar a fazer a f250no brasil, o mercado de picapes medias cresceu porque não tem opções para nos, para as pessoas pernudas como eu, as picapes medias geram um baita desconforto

DEIXE O SEU COMENTÁRIO