Ford Puma: novo SUV da empresa é anunciado

A Ford anunciou hoje o Ford Puma, seu novo SUV que visa entrar no mercado asiático e europeu com destaque, para encontrar uma nova posição para a montadora.

O veículo foi apresentado já com detalhes sobre sua motorização, desempenho e visual.

Se você se interessou em saber mais sobre o carro, siga a leitura para saber todos os detalhes disponíveis sobre ele até o momento!

Como é o visual do Ford Puma?

O Ford Puma é um SUV compacto, destinado a combater no mercado com o Volkswagen T-Cross e outros carros do mesmo segmento.

Para ser desenvolvido, ele usa a plataforma do Novo Fiesta europeu e tem as mesmas medidas do carro.

Na prática, o Puma apresenta 4,186m de comprimento, 1,537 de altura e 1,805 de largura.

Um detalhe é que essa configuração permite que o Puma ganhe bastante espaço para o porta-malas. São 456 litros, com um compartimento inferior de 80 litros para armazenamento de itens. Ou seja: será um carro cuja principal vantagem será servir famílias grandes, que carregam muitas coisas.

É importante avisar que esse sistema duplo de porta-malas é adaptável. Ou seja: dá para tirar o compartilhamento interno de 80 litros para alcançar um espaço total de 456 litros.

O Puma apresenta um visual um pouco mais “rechonchudo” que a maioria dos SUVs e, principalmente, que o EcoSport.

O crossover tem um capô que se destaca por ser mais alto e com uma finalização arredondada, padrão encontrado também nos faróis e na grade dianteira, que é maior do que a do EcoSport.

Na traseira, o veículo se destaca por ter um visual único. As lanternas são verticais, em vez do padrão horizontal do mercado. Elas também encaixam em um padrão específico, como se fossem encrustadas no veículo. O porta-malas fecha no layout criando uma entrada, onde fica a placa do carro. Os faróis traseiros são ovalados e criados para simular os olhos de um felino, já que carro é inspirado na onça-parda.

E por dentro do capô?

Por dentro, o Ford Puma ruge como… bom, como uma onça-parda.

O veículo vem com um motor 1.0 de três cilindros, dividido em duas versões de potência.

A mais simples alcança 125 cavalos de potência, um resultado comum para o crossover compacto. Já a versão mais cara terá 155 cavalos de potência, um resultado mais caprichado do que a média do mercado.

Um detalhe interessante é que o carro terá um importante sistema de economia de combustível, que desligará um dos cilindros do motor quando estiver em velocidade de cruzeiro.

Com esse sistema, o carro chegará a incríveis 17,8 quilômetros por litro de combustível, sendo um dos mais eficientes do mercado.

O sistema de transmissão que vai controlar o desempenho virá, também ele, em dois modelos: um manual de 6 marchas e outro automático com 7 marchas.

Além das versões com o motor 1.0, o Puma ainda ganhará uma versão híbrida com um motor de 48V, que entregará mais torque (cerca de 5 kgfm) em momentos específicos.

Com isso, o consumo de combustível do carro será ainda melhor, entregando 18,5 quilômetros por litro.

Além disso, será possível desligar o motor a combustão quando o carro estiver rodando a menos de 15 quilômetros por hora, embora seja usado apenas para estacionar o veículo.

Como deu para ver, o Puma terá duas grandes vantagens: porta-malas superior e consumo muito eficiente, fazendo muitos quilômetros por litro.

Os itens de série também estão bem interessantes, incluindo o pacote Co-Pilot360, que faz reconhecimento de placas de trânsito e controle Stop & Go, assistente de permanência em faixa, sensor de ponto cego e câmera traseira com visão 180º, além de alerta de perigo, frenagem de emergência e estacionamento autônomo.

E aí, o que achou do Ford Puma? Comente abaixo com sua opinião!

Compartilhe

DEIXE O SEU COMENTÁRIO