McLaren GT ganha data de estreia no Brasil

Um dos esportivos mais populares do planeta, o McLaren GT, já tem data para chegar ao Brasil. 

O veículo de luxo, um dos mais caros do mundo também, deverá estrear nas estradas brasileiras até outubro desse ano, com uma potência incrível (e um preço astronômico).

Para saber mais sobre o veículo (e seu lançamento), siga a leitura!

Como é o McLaren GT?

O McLaren GT é um carro, em poucas palavras, completíssimo. O veículo tem de tudo: acabamento impecável, desempenho incrível e design de outro mundo.

Começando pelo aspecto, o carro se destaca pelas curvas sedutoras. O capô faz uma curva bonita, subindo em direção ao vidro e, ao mesmo tempo, se abrindo nas laterais. Parece uma arraia nadando.

Esse capô fica em cima de um bico pontudo, que ajuda na aerodinâmica do veículo ao cortar o ar como uma faca.

As lanternas dianteiras são agudas e alongadas, valorizando seu aspecto curvo.

Na traseira do veículo, temos uma altura bem abaixo do teto do veículo, mas uma largura maior do que qualquer outra área, o que oferece estabilidade em altas velocidades. Também há um aerofólio sutil para esse fim.

Uma coisa que surpreende quem olha para o McLaren GT é o seu tamanho. O carro é muito maior do que a média dos superesportivos: tem 4,7 metros de comprimento. 

Por isso, é também muito mais confortável e espaçoso por dentro, além de ter uma capacidade de bagagem de carro grande: 570 litros divididos em dois espaços, um traseiro de 420 e um dianteiro de 150.

O porta-malas do Onix, por exemplo, tem apenas 289 litros de capacidade. Já o Tracker, uma SUV, tem 306 litros.

Ou seja: o superesportivo tem porta-malas maior que um utilitário.

E por dentro?

Por dentro, o McLaren GT também apresenta qualidade. O seu revestimento interno virá em quatro materiais: o nappa, couro, caxemira e Alcantara. O cliente poderá escolher qual vai querer.

Dentre os itens de série, o carro se destaca pelos bancos aquecidos (ideais para o inverno), materiais de alta qualidade e sistema de entretenimento com alto-falantes de Kevlar.

Já em termos de desempenho, o McLaren GT mostra porque merece o título de superesportivo.

O carro vem com um motor V8 4.0 biturbo, capaz de gerar incríveis 620 cavalos de potência e 64,2 mkgf de torque.

O câmbio é automatizado (dupla embreagem) e tem sete marchas, além de contar com um sistema de amortecedores hidráulicos.

Com tudo isso, o carro registra aceleração de 0 a 100 quilômetros por hora em 3,1 segundos e, em menos de 10 segundos, chega a 200 quilômetros por hora.

Sua velocidade máxima é de 326 quilômetros por hora. Todo esse poder é dividido em três modos de direção, cada um com configurações específicas: o Comfort (para o dia a dia), Sport (para rodovias que permitem maior velocidade) e Track (que permite o poder total do veículo em pistas de corrida).

Tudo isso sairá pelo preço aproximado de R$ 3 milhões (ainda não confirmado pela McLaren), com lanaçamento para outubro, no mais tardar.

E aí, gostou do McLaren GT? Incrível, não é mesmo? Deixe um comentário abaixo com a sua opinião sobre o carro!

Compartilhe

DEIXE O SEU COMENTÁRIO